Liga dos Servos de Jesus apresentou Comissão Organizadora do Centenário

Guarda – Outeiro de São Miguel

A Liga dos Servos de Jesus, fundada pelo venerável D. João de Oliveira Matos, celebrou no passado dia 11 de Fevereiro, noventa e nove anos da sua existência. A pensar nas comemorações dos 100 anos, a Coordenadora Geral, irmã Irene dos Santos Fonseca, deu a conhecer os nomes da Comissão Organizadora do Centenário. Integram a Comissão: D. Manuel Felício (Bispo da Guarda – Presidente); Padre Manuel Igreja Dinis (Director do Centro de Espiritualidade D. João de Oliveira Matos – Outeiro de São Miguel); Irmã Irene dos Santos Fonseca e Irmã Albertina André (Conselho Coordenador da Liga dos Servos de Jesus – Servas internas); Irmã Maria Julieta Marques Afonso e Irmã Maria de Jesus Branca Marques (Conselho Coordenador do Instituto de S. Miguel); Jorge Miguel Salvado Craveiro e Lígia Maria Baptista Calado Borges (Conselho Coordenador dos Servos de Jesus – Servos externos); Maria Alzira Cunha Matias e Belmiro dos Santos Bernardo (Representantes do Pessoal de Trabalho) Cónego Manuel Alberto Pereira de Matos e padre José Manuel Martins de Almeida (Presbitério).
A Comissão terá, entre outros, os seguintes objectivos: propor, de novo, à Igreja e à sociedade o carisma da Liga dos Servos de Jesus através de algumas conferências e valorização dos centros de espiritualidade, retiros abertos e outras iniciativas; Organizar uma exposição temporária sobre a Liga dos Servos de Jesus e seu Fundador, ao longo destes 100 anos de vida e actividades, que seja levada aos principais centros urbanos da Diocese. Aproveitar o local dessa Exposição, durante o tempo da sua vigência, para sensibilizar as Comunidades Cristãs do respectivo arciprestado sobre o carisma da Liga dos Servos de Jesus; Preparar e celebrar bem a data do Centenário (11 de Fevereiro de 2024), com uma Celebração Eucarística de Acção de Graças e um Tríduo, incluindo Vigília de Oração.
A celebração do 99º Aniversário da Fundação da Liga dos Servos de Jesus, no dia 11 de Fevereiro, foi cheia de memórias e de agradecimentos a Deus e de recordações dos que brilharam na fé pondo a render, em favor da Igreja e dos mais carenciados, os seus carismas.
Este encontro dos servos internos e externos, mas aberto a todos, começou com uma palestra orientada pelo Assistente Espiritual da Liga, Padre Manuel Igreja Dinis, com o tema “Pão e Vinho, Alimentos de Vida”.
Seguiu-se a concelebração Eucarística presidida pelo Superior da Liga dos Servos de Jesus, D. Manuel da Rocha Felício, bispo da Guarda que apontou o trabalho já realizado no campo espiritual e social e acentuou que os carismas da Liga dos Servos de Jesus continuam a ter atualidade e até com mais acuidade, nos difíceis tempos em que vivemos.
O Bispo da Guarda lembrou que “iniciamos hoje, dia 11 de Fevereiro, o ano que nos vai levar à celebração do 1º Centenário da Fundação da Liga dos Servos de Jesus e que temos de fazer todos os possíveis para reavivar os seus carismas aplicando-os às realidades e às necessidades dos tempos de hoje”.
A evocação do 99º Aniversário da Fundação da Liga dos Servos de Jesus terminou com a Adoração Eucarística.

Notícias Relacionadas