EcoCampo Escutista vai ser construído na zona do rio Noéme

Contrato de Comodato entre a Freguesia da Guarda, FNA e Escuteiros

A Freguesia da Guarda, o Núcleo da Guarda da Fraternidade Nuno Álvares (FNA) e os Agrupamentos 134 e 1402 do Corpo Nacional de Escutas da cidade da Guarda, assinaram um contrato de comodato tendo em vista a construção de um EcoCampo Escutista, na s proximidades da Guarda, junto rio Noéme.
O Contrato de Comodato assinado, no dia 5 de Dezembro de 2023, refere a cedência por 25 anos de um terreno da Junta de Freguesia, na zona do rio Noéme, entre Alfarazes e a estrada municipal que liga as cidades Guarda e Sabugal. O espaço tem como finalidade edificar um EcoCampo Escutista que sirva de apoio às actividades e aprendizagem dos escuteiros, mas que ficará também disponível para a comunidade partilhar e organizar outras acções e iniciativas potenciando os equipamentos que a médio prazo venham a ser concretizados.
O EcoCampo Escutista é uma estrutura que os escuteiros utilizam, procurando e operacionalizando a sua materialização por via do respeito integral das condições e materiais que a natureza oferece e, com a sua concretização, envolver também os próprios escuteiros jovens e menos jovens.
A sessão, que decorreu na sala de conferências da Freguesia da Guarda, foi presidida pelo Presidente da Assembleia de Freguesia, Peres de Almeida e contou com a presença dos responsáveis dos agrupamentos dos escuteiros e do Núcleo da Guarda da FNA, do responsável espiritual Cónego Manuel Alberto Pereira de Matos, do presidente regional do CNE e ainda da Vice-Presidente da Câmara Municipal da Guarda, Amélia Fernandes.

Notícias Relacionadas