Dia Mundial dos Avós e dos Idosos lembra importância dos mais velhos tanto para a sociedade como para a Igreja

Data assinala-se este Domingo, 24 de Julho

“Dão fruto mesmo na velhice” foi o tema escolhido para o II Dia Mundial dos Avós e dos Idosos, que a Igreja vai assinalar, este Domingo, 24 de Julho.
O Papa Francisco espera que o próximo Dia dos Avós e dos Idosos ajude a mostrar o quanto os mais velhos “são um valor e um dom”, tanto para a sociedade como para a Igreja.
A data é apontada como “um convite a reconsiderar e valorizar os avós e os idosos, tão frequentemente deixados às margens das famílias, das comunidades civis e eclesiais”.
O texto lembra que “a experiência de vida e de fé” dos mais velhos pode contribuir “para construir sociedades conscientes das suas próprias raízes e capazes de sonhar um futuro mais solidário”, e considera que o convite a que se dê “ouvidos à sabedoria dos anos” é “particularmente significativo” no contexto do “caminho sinodal” que a Igreja está a fazer nesta altura.
O Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida (da Santa Sé) convida as paróquias, dioceses e comunidades eclesiais do mundo inteiro a “encontrarem as modalidades para celebrarem essa jornada”, e em breve irá divulgar algumas “ferramentas pastorais” para ajudar a preparar e celebrar melhor este dia.
Foi em 2021 que o Papa Francisco instituiu a celebração, na Igreja, do Dia dos Avós e dos Idosos no quarto domingo de Julho, junto à festa de São Joaquim e Santa Ana (os avós de Jesus), que se assinala a 26 de Julho.
O Dicastério para os Leigos, a Família e a Vida pôs à disposição das várias dioceses material e sugestões pastorais e litúrgicas, para participar no Dia dos Avós. Entre as recomendações, destaca-se a de visitar ou acompanhar idosos que vivem sozinhos. A Igreja vai conceder indulgência plenária a quem os visitar ou acompanhar perto do dia 24 de Julho.
O Papa Francisco diz mesmo que “a visita aos idosos abandonados é uma obra de misericórdia do nosso tempo”.
Recorde-se que a intenção de oração que o Papa Francisco confiou a toda a Igreja, através da Rede Mundial de Oração do Papa, para este mês de Julho, é também pelos idosos.

Notícias Relacionadas