Festa da História em Trancoso quer dar vida ao Centro Histórico

Trancoso

De 24 a 26 de Junho, Trancoso volta a viver a Festa da História – Bodas Reais. O evento é organizado pela Câmara Municipal de Trancoso e pretende dar vida ao Centro Histórico bem como atrair visitantes.
Na Idade Média, as feiras eram das actividades mais expressivas desse período, constituindo locais de excepção para o comércio, para o intercâmbio e para as actividades culturais. Nessas feiras, artesãos, mercadores, artífices e regatões, provenientes dos mais diversos locais do reino de Portugal, fabricavam e comercializavam os seus produtos.
A Festa da História também tem em vista a recriação histórica de uma feira, com a participação por parte de artesãos, mercadores, artífices, regatões e estabelecimentos particulares.
O objectivo passa por recriar um ambiente medieval através do comércio, das artes, ofícios, divertimentos, sabores e hábitos alimentares da Idade Média.
A iniciativa acontece na Rua da Corredoura, Largo da Avenida, Rua do Castelo, Largo do Pelourinho, e outras ruas de acesso a estes locais no Centro Histórico da cidade de Trancoso.
Para envolver a comunidade, o Município de Trancoso está a desafiar todos os jovens dos 14 anos aos 18 anos a serem cavaleiros e guardarem as Portas do Burgo nos dias 25 e 26 de Junho de 2022, durante a Festa da História.
De acordo com a autarquia “como recompensa pelos serviços prestados, todos os ‘cavaleiros’ terão entradas gratuitas nas Piscinas Municipais (10), Feira de São Bartolomeu (5) e Cinema Municipal (5).
O município garante refeições e os respectivos trajes para os dias da Festa da História a todos os voluntários.

Notícias Relacionadas