Feira do Fumeiro, dos Sabores e Artesanato é o “primeiro grande evento do ano em Trancoso”

Trancoso

O primeiro fim-de-semana da Feira do Fumeiro, dos Sabores e Artesanato do Nordeste da Beira, “o primeiro grande evento do ano em Trancoso”, foi uma aposta ganha pelo elevado número de visitantes que passou pelo certame. Apesar do frio e da chuva, a moldura humana encheu o Pavilhão Multiusos repleto de standes com fumeiro, enchidos, queijos, requeijão, azeite, pão caseiro, vinhos, mel, e outros produtos de qualidade.
“Em Trancoso temos muitas feiras ao longo do ano, desde a Feira da Castanha, Feira de S. Bartolomeu, Festival das Vendimas… mas esta Feira do Fumeiro é sempre a primeira do ano, que atrai também muita gente do nosso distrito mas também de outros distritos, sobretudo do litoral”, disse o presidente da autarquia, Amílcar Salvador, ao Jornal A GUARDA.
O autarca explicou que “o grande objectivo é uma vertente muito comercial para esta Feira para que venham muitas excursões de outras zonas do País, que passem aqui por Trancoso, que comprem aqui estes produtos de qualidade que nós temos”. E acrescentou: “É importante que as pessoas passem por aqui, que adquiram os nossos produtos e depois continuem o percurso para o norte do distrito, porque estamos a viver também a Festa das Amendoeiras”
Amílcar Salvador referiu que em termos de espaços a organização teve de recusar alguns standes que queriam estar nesta feira. Admitiu que, provavelmente, em futuras edições, será necessário “colocar outros espaços cobertos para dar resposta a outros empresários que nos procuram, sobretudo no ramo do fumeiro, dos enchidos e dos queijos”.
O evento continua este fim-de-semana, a 2 e 3 de Março, com o intuito de chamar mais gente para a região. “Este pequeno investimento que a Câmara faz é dentro do Pavilhão, não há despesas acrescidas, por isso apostamos sempre em dois fins-de-semana” explicou Amílcar Salvador.
Num evento onde a vertente mais comercial é prioridade, a organização também aposta na parte da animação cultural recorrendo, principalmente, aos grupos do concelho, e outros grupos musicais.
No programa para o dia 2 de Março, o destaque vai para a conferência “Caracterização do olival no concelho de Trancoso” – prova de azeites, bem como para o espectáculo musical com Sérgio Rossi. No último dia da Feira, 3 de Março, o programa começa, às 8.30 horas com uma caminhada solidária (Bombeiros Voluntários de Trancoso). A feira abre às 9.00 horas com a actuação do Grupo de Bombos de Rio de Mel “Os Caldeireiros”. Segue-se a animação musical com “Primos de França” (10.00 horas), Grupo de Cantares de Bustelo (15.00 horas) e Rancho Folclórico de Vila Franca das Naves (15.30 horas).
Com este evento, a organização pretende promover e divulgar a fileira dos produtos regionais assentes nos recursos endógenos da região, situada entre o vale do Douro e a Serra da Estrela.
A Feira é organizada pela AENEBEIRA – Associação Empresarial do Nordeste da Beira, em parceria com o Município de Trancoso.

Notícias Relacionadas