Centro Histórico com percurso turístico acessível para as pessoas com mobilidade reduzida

Trancoso

A Câmara Municipal de Trancoso inaugurou, esta segunda-feira, 29 de Maio, dia do Feriado Municipal, um percurso turístico acessível para as pessoas com mobilidade reduzida usufruírem do património do centro histórico.
O presidente da Câmara de Trancoso, Amílcar Salvador, disse que o projecto envolveu um investimento da ordem dos 120 mil euros, tendo o município contado com o apoio da rede das Aldeias Históricas de Portugal.
O percurso “All for All – Turismo Acessível” criado pela autarquia começa no Posto de Turismo e termina no castelo, com passagem pelas Portas D’El Rei, por várias ruas da antiga Judiaria, dos Cavaleiros e do Magriço, junto da Casa do Bandarra e do Centro de Interpretação da Cultura Judaica Isaac Cardoso.
Este percurso foi construído em lajes de granito liso o que facilita o acesso às pessoas com mobilidade mais reduzida aos lugares mais emblemáticos de Trancoso.
Amílcar Salvador explicou que o piso que existia ao longo do percurso turístico com destino ao castelo não era adequado para pessoas com mobilidade reduzida ou em cadeira de rodas. O trajeto do percurso “All for All – Turismo Acessível foi inaugurado junto do edifício do Posto de Turismo da cidade de Trancoso.
O concelho de Trancoso comemorou, esta segunda-feira o feriado municipal que coincide com 638.º aniversário da Batalha de São Marcos, travada em 1385, entre forças portuguesas e castelhanas, tida como determinante para a vitória alcançada a 14 de agosto, em Aljubarrota. Do programa das comemorações também fez parte a homenagem aos combatentes de 1385, que decorreu no Planalto de São Marcos, com a recriação da Batalha de Trancoso e a tradicional distribuição de pão e laranjas.
O Campo Militar de São Marcos, situado na área das freguesias de São Pedro e Torres, nos arredores de Trancoso, foi classificado como monumento nacional, em Dezembro de 2012.

Notícias Relacionadas