Câmara avança com requalificação do edifício dos Paços do Concelho

Trancoso

A Câmara Municipal de Trancoso vai avançar com as obras de requalificação do Edifício dos Paços do Concelho. De acordo com a autarquia presidida por Amílcar Salvador os trabalhos têm “a duração prevista de 18 meses”, tempo em que “será condicionado o trânsito automóvel, na envolvente do edifício dos Paços do Concelho, sendo apenas permitido o acesso a moradores, bem como cargas e descargas”.
A obra foi adjudicada pela Câmara Municipal de Trancoso pelo valor de 1,2 milhões de euros e tem uma comparticipação de cerca de 50% da Direcção-Geral das Autarquias Locais (no montante de 673 mil euros).
Durante o tempo de duração da obra, os serviços da autarquia vão funcionar provisoriamente no edifício do Clube Trancosense.
“A intervenção alvo de candidatura, pretende responder a um anseio já de longa data, nomeadamente no que confere à possibilidade de execução de uma intervenção de fundo que permita dotar o edifício sede do Municipio de condições necessárias a um bom funcionamento dos serviços assim como permitir o acesso a pessoas com mobilidade condicionada”, explica a autarquia.
Outro dos objectivos da intervenção passa por melhorar a eficiência energética do edifício contribuindo para a redução dos consumos energéticos atuais, indo de encontro à política ambiental de uma maior eficiência dos recursos.
A Câmara de Trancoso refere que “tendo em conta que este é um concelho do interior com uma população envelhecida, a restruturação proposta tem em conta esta realidade, por forma a criar uma orgânica de funcionamento mais adequada permitindo uma melhor dinâmica entre os serviços e os munícipes”.
O edifício dos Paços do Concelho de Trancoso é de estilo românico/neoclássico e começou a ser construído em 1916 e entrou em funcionamento em 1917.

Notícias Relacionadas