GNR deteve homem suspeito de originar incêndio florestal

> Região > Seia > GNR deteve homem suspeito de originar incêndio florestal
Jornal A Guarda

Seia

A GNR deteve um homem de 42 anos, por suspeita de incêndio florestal, no concelho de Seia, que terá tido origem numa queimada “não autorizada” que se descontrolou.
De acordo com o Comando Territorial da GNR da Guarda, o homem foi detido através do Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) de Gouveia.
“No seguimento de um alerta, os elementos do SEPNA deslocaram-se de imediato para o local onde apuraram que o incêndio teve origem numa queimada, não autorizada, que se descontrolou, provocando um incêndio que consumiu herbáceas e vinha”, explicou a GNR em comunicado.
Na sequência das diligências policiais, o suspeito foi constituído arguido e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Seia. Desde o início do ano o Comando Territorial da GNR da Guarda “já identificou 23 suspeitos de incêndios florestais, três dos quais foram detidos em flagrante”.
No comunicado, a GNR adiantou que as queimas e as queimadas “são das principais causas de incêndios em Portugal”.
“A realização de queimadas, de queima de amontoados e de fogueiras é interdita sempre que se verifique um nível de perigo de incêndio rural ‘muito elevado’ ou ‘máximo’, estando dependente de autorização ou de comunicação prévia noutros períodos”, alertou.
Para evitar acidentes, a GNR pede aos cidadãos que sigam as regras de segurança, estejam sempre acompanhados e levem consigo o telemóvel.

Últimas notícias

17 de Maio, 2024
Município de Seia assinala Dia Municipal do Bombeiro
17 de Maio, 2024
Jornal A GUARDA celebra 120 anos de história
17 de Maio, 2024
Fundação Nova Era Jean Pina ajuda instituições em Portugal e França
17 de Maio, 2024
Quercus atribui “Qualidade de Ouro” a dez praias da região da Guarda
17 de Maio, 2024
Jornada diocesana de pastoral familiar dedicada à caminhada sinodal

Notícias Relacionadas