Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela quer atrair turistas

Seia – de 5 a 13 de Outubro

De 5 a 13 de Outubro, decorre em Seia a 29ª edição do CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela. O festival contempla, pela primeira vez, um fim-de-semana inteiro de programação cinematográfica de ambiente.
Para atrair turistas para a região, nesta edição do festival a organização alterou as datas do mesmo de forma a abranger um fim-de-semana inteiro com uma programação cinematográfica que qualquer turista pode incluir na sua visita à Serra da Estrela.
Nesse fim de semana de visita a Seia e à serra da Estrela, na sexta-feira dia 6 de Outubro às 21.30 horas, o destaque vai para o filme Le Règne Animal, exibido no Festival de Cannes 2023, com os franceses Romain Duris (Albergue Espanhol) e Adèle Exarchopoulos (Azul é a cor mais quente).
No sábado dia 7 de Outubro pelas 21.30 horas está em exibição o filme Club Zero, que integra a competição oficial do Festival de Cannes 2023, realizado por Jessica Hausner (já premiada no Festival de Veneza) e conta com a participação de Mia Wasikowska (Alice no País das Maravilhas).
No domingo de manhã, dia 8 de Outubro pelas 11.00 horas, haverá um filme de animação para toda a família, O Segredo dos Perlimps, realizado pelo brasileiro Alê Abreu, que foi nomeado para Óscar de Melhor Longa de Animação por O Menino e o Mundo (2016).
O CineEco destaca, ainda, a sessão de encerramento do festival, no dia 13 de Outubro às 21.30 horas, com o filme Ácido de Just Philippot, um thriller que nos leva para um mundo à beira do abismo, onde uma rapariga e os seus pais têm de unir esforços para tentarem escapar à catástrofe climática.
Nesta edição, o Festival conta com a presença de mais de 20 realizadores que apresentarão os seus filmes no dia da sua exibição, destacando-se: Bruno Jorge, realizador de A Invenção do Outro, filme em competição na categoria Longas-Metragens em Língua Portuguesa; Juanjo Rueda, realizador de Caballo de Espuma, filme em competição na categoria Internacional de Curtas e Médias-Metragens; e de Miguel Moraes Cabral, realizador de As Lágrimas de Adrian, também em competição na categoria Internacional de Curtas e Médias-Metragens.
O Painel de Jurados conta com um conjunto de pessoas com ligação ao cinema e/ou ao ambiente.
O júri da Competição Internacional de Longas-Metragens é composto por: Camilo Cavalcante, produtor, guionista e realizador; Inês T. Alves, realizadora e produtora cultural (vencedora do prémio Camacho Costa e do prémio da Juventude do CineEco 2022, com a sua primeira longa-metragem documental “Águas do Pastaza”; e Sérgio Bordalo e Sá, investigador integrado, desde 2015, e coordenador do pólo do INET-md na FMH (desde 20233).
O júri das competições Internacional de Curtas e Médias-Metragens e Panorama Regional é constituído por: Cristina Mota, cofundadora da distribuidora Nitrato Filmes; Miguel Soares, jornalista, realizador e autor de programas e podcasts na rádio; e Nuno Barros, biólogo e representante da LIPOR, patrocinador principal do CineEco.
O júri das competições de Longas-Metragens e Curtas Metragens em Língua Portuguesa conta com: Caterina Cucinotta, professora convidada na Faculdade de Ciências da Comunicação da Universidade Rey Juan Carlos de Madrid; Daniel Pinheiro, realizador português especializado em História Natural; e a icónica atriz de Verdes Anos, Isabel Ruth.
O CineEco 2023 é organizado pelo Município de Seia e conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República e do Departamento de Ambiente das Nações Unidas. Conta ainda com a Lipor como patrocinador principal e com o apoio financeiro da DGArtes

Notícias Relacionadas