Queima do Entrudo com caldo das viúvas

Vilar de Amargo

No dia 10 de Fevereiro, a aldeia de Vilar de Amargo, Figueira de Castelo Rodrigo, vive a Queima do Entrudo. A iniciativa envolve toda a comunidade e tem muita alegria e animação. Mulheres mascaradas de homens e homens de mulher com rendas e máscaras de cortiça a esconder a face para que ninguém seja reconhecido nas pantominices que fazem aos outros.
As viúvas, de negro, preparam o caldo apetitoso nas panelas de ferro que será servido para todos.
O velório, a marcha fúnebre, a leitura do sermão e a queima tradicional do Entrudo são momentos altos desta iniciativa que vai também contar com oficinas de Teatro e Música, uma Exposição de Rendas e termina com o Espectáculo “Fénix e a Rosa de Fogo” com os artistas Ana Rosa e Bruno Leite.
Ao longo do dia haverá arruadas e no final um baile de máscaras.
Desde o dia 14 de Janeiro, que aos domingos há sessões abertas de preparação para o evento, na sede da Associação de Desenvolvimento Local Terra do Lagarto, entidade que recuperou esta tradição através de entrevistas recolhidas na comunidade e relatos escritos na Monografia da aldeia de Vilar de Amargo.

Notícias Relacionadas