Novo Comandante da Unidade de Intervenção da GNR é natural de Vila Cova, Seia

Tomada de posse decorreu no dia 16 de Agosto, no Comando da Unidade

Pedro Oliveira (Brigadeiro-general), natural de Vila Cova, concelho de Seia, tomou posse como novo Comandante da Unidade de Intervenção da Guarda Nacional Republicana, no dia 16 de Agosto, no Comando da Unidade, sediado na Pontinha, em Lisboa.
A cerimónia foi presidida pelo Comandante-Geral da Guarda Nacional Republicana, o Tenente-general José Manuel Lopes dos Santos Correia.
O Brigadeiro-general Pedro Oliveira é natural de Vila Cova, concelho de Seia e tem 54 anos. É licenciado em Ciências Militares, na especialidade de GNR, tem uma Pós-Graduação e Mestrado em Direito e Segurança.
Ingressou no quadro permanente da Guarda Nacional Republicana em 1991, tendo desempenhado diversas funções ao longo da sua carreira profissional, das quais se destacam a de Director do Departamento de Operações do Comando Operacional; Comandante do Comando Territorial de Faro; Oficial de ligação da GNR no Ministério da Administração Interna; Chefe de Estado Maior da Unidade de Intervenção da GNR; Comandante do Grupo de Intervenção de Ordem Pública da Unidade de Intervenção da GNR e em acumulação Professor Regente na Academia Militar, entre muitas outras.
Na sua folha de serviço constam vários louvores e condecorações, nacionais e estrangeiras.
A Unidade de Intervenção é uma Unidade da Guarda especialmente vocacionada para as missões de manutenção e restabelecimento da ordem pública, resolução e gestão de incidentes críticos, intervenção táctica em situações de violência concertada e de elevada perigosidade, complexidade e risco, segurança de instalações sensíveis e de grandes eventos, inactivação de explosivos, e aprontamento e projecção de forças para missões internacionais.

Notícias Relacionadas