Morreu o Padre Joaquim António Morais Martins

Miuzela do Côa

O Padre Joaquim António Morais Martins morreu no dia 1 de Dezembro, vítima de doença prolongada. O funeral foi no dia seguinte, 2 de Dezembro, em Miuzela do Côa.
Durante a manhã, do dia 2 de Dezembro, o Bispo de Aveiro, D. António Moiteiro, presidiu à Missa na Igreja paroquial Penamacor.
A Missa exequial, na Igreja paroquial da Miuzela, foi presidida pelo Bispo da Guarda, D. Manuel Felício, tendo concelebrado largas dezenas de sacerdotes.
Natural da Guarda adoptou a Miuzela, concelho de Almeida, como terra de origem.
Joaquim António Morais Martins nasceu a 7 de Setembro de 1972.
Depois de frequentar os Seminários Diocesanos, Fundão e Guarda, fez uma experiência missionária em Nampula (Moçambique), inserido no Movimento da Juventude Hospitaleira, onde participou no projecto de “apoio às crianças de rua”.
Foi ordenado sacerdote a 8 de Dezembro de 1999.
Peroviseu e Silvares, no arciprestado do Fundão, e Trancoso foram outras das localidades por onde passou, antes de tomar conta das paróquias de Aldeia do Bispo, Aldeia de João Pires, Aranhas e Salvador, no arciprestado de Penamacor. Mais tarde também foi administrador paroquial de Benquerença, Meimoa e Penamacor.
Em 2021, a pedido da Conferência Episcopal, foi nomeado Assistente Nacional da LOC e JOC.

Notícias Relacionadas