Reabertura de estrada entre Manteigas e Piornos foi adiada devido ao mau tempo

Serra da Estrela – estrada foi alvo de uma intervenção nas últimas semanas

A queda de pedras para a via, durante o fim-de-semana, devido ao mau tempo, impediu a reabertura da estrada que liga Manteigas aos Piornos, na Serra da Estrela, que estava prevista para esta segunda-feira, 4 de Setembro.
“No seguimento das severas condições meteorológicas registadas no distrito da Guarda, em particular na região da serra da Estrela, será necessário adiar a reabertura da ER338 em Manteigas”, informou, em comunicado, a Infraestruturas de Portugal.
Este organismo deu conta de que durante o fim-de-semana foram registadas algumas ocorrências que obrigam a trabalhos de monitorização e de limpeza da via, de forma a garantir novamente as condições de segurança neste troço, para que possa ser reaberto com a maior brevidade possível.
A reabertura daquele troço encerrado desde Dezembro de 2022, na sequência do grande incêndio do mês de Agosto, estava programada para o início da manhã desta segunda-feira.
Recorde-se que a estrada foi alvo de uma intervenção nas últimas semanas para a implementação de uma solução provisória para permitir a reabertura ao trânsito automóvel. A interdição à circulação automóvel na ER338, entre o km 39 e o km 43,790, foi mais uma consequência do grande incêndio ocorrido no ano passado, que agravou significativamente o risco de queda de pedras de grande dimensão sobre a plataforma da ER338 entre Piornos e Manteigas.
A empreitada, que arrancou no início de Agosto, consistiu na implementação de medidas de segurança numa faixa de protecção junto da encosta nos troços compreendidos entre o km 41,440 e o km 43,935 e entre o km 45,310 e o km 45,380, nomeadamente com a colocação de um separador, para permitir a contenção das pedras de menor dimensão que possam deslizar sobre a via, complementado pela colocação de uma rede na parte superior do separador e de uma protecção adicional com sacos de areia de grandes dimensões.
Como medidas adicionais de prevenção e segurança, a implementar após a execução dos trabalhos descritos ao nível dos constrangimentos de trânsito, será interdita a circulação para veículos pesados e o trânsito processa-se de forma alternada nos troços identificados.

Notícias Relacionadas