Piscina Flutuante vandalizada

Guarda

A Piscina flutuante da Barragem do Caldeirão está encerrada, desde a última semana, devido a um acto de vandalismo. A autarquia da Guarda, responsável pelo equipamento adianta que “o fundo da piscina foi cortado e o material danificado”.
Em comunicado, o Município da Guarda já expressou a sua profunda indignação pelo sucedido, realçando que “pretende usar todos os meios ao seu alcance, quer judiciais quer administrativos, com vista a evitar actos que não dignificam em nada os nossos cidadãos e o concelho, solicitando a todas as autoridades locais, através da sua acção, maior colaboração e cuidado na prevenção deste tipo de actos criminosos”. Deixa também um apelo a todos os munícipes para que “protejam a cidade e o concelho; denunciem e repudiem situações de vandalismo”.
O Município deu também conta de que está a “proceder a todos os meios para que o equipamento volte a funcionar com a maior brevidade possível”.

Notícias Relacionadas