Guarda vai poupar 20 milhões de litros de água da rede pública

Sistema foi apresentado nas comemorações do Dia Mundial da Floresta e Dia Mundial da Água

O novo Sistema de Telegestão da Rega, inaugurado no dia 21 de Março, no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Floresta e Dia Mundial da Água, vai permitir à Câmara da Guarda uma poupança anual de mais de 20 milhões de litros de água da rede pública.
Na inauguração do Sistema, que teve lugar no Parque Urbano do Rio Diz, o presidente da autarquia, Sérgio Costa, referiu que “a telegestão da rega é muito importante no combate às alterações climáticas e permite a poupança de milhares de euros”. Adiantou que “com este sistema, o Município, consegue monitorizar e gerir, em tempo real, de forma mais eficiente a utilização deste recurso hídrico”.
A sessão contou com a presença do Conselho de Administração da EPAL e Águas do Vale do Tejo, Carlos Martins e com o vice-presidente da Agência Portuguesa do Ambiente, Pimenta Machado.
Do programa das comemorações também fez parte a apresentação de um novo sistema que irá permitir a rega do Parque Urbano do Rio Diz, através do sistema ApR – Água para Reutilização, pela Águas do Vale do Tejo. Trata-se de “um sistema que faz a reutilização das águas da ETAR, aproveitando-as para a rega dos espaços verdes do Parque”.
Do programa das comemorações também fez parte a plantação de árvores no Parque Urbano do Rio Diz por cerca de 200 alunos dos Agrupamentos de Escolas Afonso de Albuquerque e Sé e da Escola Regional Dr. José Dinis da Fonseca.
Sérgio Costa adiantou que este ano, a autarquia está a plantar 2500 árvores na cidade e no nas aldeias do concelho. E explicou: “Na cidade da Guarda foram plantadas mil árvores já com algum porte”.
Destacou a ambição da autarquia de plantar milhares de árvores fazendo uma reflorestação ordenada do concelho.

Notícias Relacionadas