Guarda – Câmara aprovou requalificação dos acessos ao terminal rodoferroviário

A Câmara Municipal da Guarda aprovou, na reunião desta segunda-feira, 13 de Maio, a empreitada para a requalificação dos acessos ao terminal rodoferroviário, no valor de 1,06 milhões de euros. Os trabalhos a realizar incidem na rua dos Caminhos de Ferro, num troço da rua da Treija, na zona da Sequeira e o Bairro Nossa Senhora de Fátima.

Sobre esta empreitada, o presidente da autarquia disse que “é uma obra aguardada há muitos anos. Esperemos que até ao verão a obra possa arrancar”.

Sérgio Costa adiantou que a empreitada prevê a substituição de algumas infra-estruturas enterradas, a requalificação dos pavimentos e zona envolvente e dos cruzamentos.

O autarca disse que a realização desta obra “vai melhorar muito a qualidade de vida das populações que vivem nesta zona”.

A reunião também ficou marcada pela aprovação dos projectos para a requalificação de três escolas da cidade, numa intervenção estimada em 15 milhões de euros. Este ponto contempla a realização de obras na Escola Carolina Beatriz Ângelo, na Escola de Santa Clara e a realização da terceira fase da requalificação da Escola Secundária da Sé.

Sérgio Costa explicou que “são as escolas que o Estado português entregou ao município da Guarda, mas para fazer a sua requalificação precisamos de 15 milhões de euros. São as escolas que transitaram para o município da Guarda na delegação de competências”.

Neste ponto, o autarca alertou para o fato de estas obras ou parte delas poderem estar comprometidas devido ao chumbo pela oposição do empréstimo de 6,6 milhões de euros. Sérgio Costa explicou que se a autarquia não tiver “fundos próprios necessários para cobrir a componente financeira municipal porque muitos programas não garantem a totalidade do investimento, estas e outras obras podem estar em causa. Teremos de anular, atrasar ou adiar muitas das intervenções”.

Notícias Relacionadas