Francisco Pinto Balsemão agraciado com a Medalha de Honra do Município da Guarda

Guarda

A Câmara Municipal da Guarda vai atribuir a Medalha de Honra Grau Ouro, ao empresário Francisco Pinto Balsemão, que passará a ser “cidadão honorário” da cidade. Esta condecoração foi decidida, por unanimidade, na reunião desta segunda-feira, 13 de Março.
O presidente da Câmara da Guarda, Sérgio Costa, disse que o município decidiu distinguir o antigo primeiro-ministro Francisco Pinto Balsemão, fundador da SIC e do Expresso, que tem raízes familiares no concelho e cujos antepassados se destacaram no plano local “nos mais diversos domínios da actividade empresarial e não só”.
A Medalha de Honra Municipal atribuída na reunião quinzenal do executivo também visa destacar “todo o percurso que Francisco Pinto Balsemão fez ao nível político” no país e “também ao nível empresarial”. A distinção acontece numa altura em que o jornal Expresso “está a comemorar os 50 anos de existência”.
Francisco Pinto Balsemão “passará, a partir de agora, a ser cidadão honorário da Guarda”, referiu Sérgio, no final da reunião. Adiantou que a distinção será entregue ao homenageado numa data a anunciar posteriormente.
Luís Couto, vereador do PS, explicou que votou favoravelmente a proposta de atribuição da Medalha Municipal de Honra Grau Ouro ao empresário Francisco Pinto Balsemão, por ser uma distinção “justa”. E acrescentou: “Esta família acabou por doar património de algum vulto à Guarda, através de associações”.
Os vereadores do PSD também votaram favoravelmente por considerarem Francisco Pinto Balsemão “uma figura nacional” que tem as suas origens na cidade da Guarda.
Carlos Chaves Monteiro referiu que se trata de “um insigne político da nossa democracia e, ainda hoje, um grande empresário”.

Notícias Relacionadas