Câmara da Guarda apresentou Agenda Cultural para o primeiro trimestre de 2023

> Região > Guarda > Câmara da Guarda apresentou Agenda Cultural para o primeiro trimestre de 2023
Jornal A Guarda

Publicação junta sugestões culturais do Teatro Municipal da Guarda, Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço e Museu Regional da Guarda

Mais de 100 actividades diferentes integram a Agenda Cultural da Guarda, para os três primeiros meses do ano, que foi apresentada esta terça-feira, 10 de Janeiro.
A publicação contém as sugestões culturais do Teatro Municipal da Guarda, Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço e Museu Regional da Guarda.
Na programação para os meses de Janeiro, Fevereiro e Março o destaque no Teatro Municipal da Guarda vai para os concertos dos The Gift (4 Março), Syro (28 Janeiro) e da banda original de Amy Winehouse (30 Março).
No Museu da Guarda haverá um Curso de Cerâmica de Carlos Pé Leve (4 e 5 Fevereiro) e o Lançamento do mais recente livro de Violante Saramago (19 Janeiro).
A apresentação do In Folio (26 Janeiro), bem como a conferência “Perspectivar Artisticamente as Alterações Climáticas (83 de Março) são algumas das actividades a realizar no Museu da Guarda.
Sérgio Costa deu conta de que “o Município da Guarda continua com a sua oferta cultural diversificada e rica nos seus três equipamentos de referência, proporcionando uma programação matizada e ecléctica, onde todas as manifestações culturais têm acolhimento e são valorizadas por diferentes públicos”.
O presidente da autarquia lembrou que o Teatro Municipal da Guarda, Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço e Museu Regional da Guarda “são equipamentos culturais do município que têm de trabalhar cada vez mais em rede”.
Considerou ser também necessário “fazer cada vez mais cultura com os de cá”. Lembrou que “o concelho da Guarda quer afirmar-se não apenas pelos espectáculos de artistas e grupos já consagrados, mas cada vez mais pela apresentação e divulgação da riqueza e singularidade do seu potencial histórico, cultural e natural próprio, oferecendo oportunidades aos sus artistas, criadores e associações culturais”.
Para Sérgio Costa é fundamental “dar oportunidades a todos os nossos grupos de teatro locais, apresentando à Guarda as suas produções, contribuindo para a afirmação cultural da cidade e do concelho no contexto regional, nacional e ibérico”.
Carla Morgado, responsável pela programação do Teatro Municipal da Guarda disse que haverá quatro iniciativas “com os nossos criadores”. O grupo Gambozinos e Peobardos – Grupo de Teatro da Vela vai apresentar “O Dia Depois de Amanhã” a 3 e 4 de Fevereiro. Outra das produções, “Serranias”, envolve o Centro Cultural de Famalicão da Serra e é apresentado no dia 11 de Março. Nos 40 anos do Aquilo Teatro será apresentado o teatro “Aquilómetros”, nos dias 23, 24 e 25 de Março. A residência artística “Beat na Montanha”, de B.Riddim (Luís Sequeira), decorre de Janeiro a Junho.
O primeiro trimestre de programação cultural na Guarda fica também marcado pelo regresso dos Festivais de Cultura Popular. A Festa do Chichorro será em Vila Mendo, no dia 28 de Janeiro e o Festival dos Enchidos de Castanheira está marcado para 26 de Março.
A programação dos três equipamentos culturais da Guarda para os meses de Janeiro, Fevereiro e Março ronda os duzentos mil euros. “Pedimos aos técnicos que se cumpram os orçamentos”, disse Sérgio Costa. Referiu que “não podemos estar a fazer programação para meia dúzia de pessoas”, e apontou como objectivo “captar sempre mais público”.

Últimas notícias

24 de Maio, 2024
A imprensa regional é parceira e peça chave do desenvolvimento local
24 de Maio, 2024
Jornadas Diocesanas da Pastoral Social dedicadas à sustentabilidade das instituições
23 de Maio, 2024
Figueira de Castelo Rodrigo – Encontro de Professores Aposentados do Distrito da Guarda
23 de Maio, 2024
Seia – Jornadas de Museologia nas Misericórdias
23 de Maio, 2024
Manteigas – Luís Tavares e Emília Barbeira vencem Prémio Dr. João Isabel

Notícias Relacionadas