Almoço comunitário no Festival dos Enchidos da Castanheira

Guarda | Castanheira

O Festival dos Enchidos da Castanheira, que decorreu a 25 e 26 de Março, teve como principal objectivo promover os enchidos da Castanheira, e ficou marcado por um almoço comunitário com mais de 250 pessoas. O desafio foi lançado pela Câmara Municipal da Guarda à Associação da Juventude Ativa da Castanheira, no âmbito dos Festivais de Cultura Popular e contou com o envolvimento da comunidade.
Vitor Gonçalves, natural da Castanheira, disse ao Jornal A GUARDA que o evento contou com a presença de dois produtores de enchido e lembrou que “na última feira de enchidos, há vinte anos, eram quatro mas dois já deixaram de trabalhar, tendo um deles já falecido”.
Ao longo dos dois dias, o Festival promoveu os enchidos da Castanheira, bem como outras actividades da freguesia”.
O segundo dia ficou marcado pela realização de um almoço comunitário em que foram servidas cerca de 250 refeições onde o prato principal foi o bucho cozido. Na mesa também houve espaço para entradas de enchido e para sobremesas preparadas pelo Centro Social Paroquial Nossa Senhora da Conceição. O enchido que foi servido no almoço comunitário foi comprado pela Associação da Juventude Ativa da Castanheira aos produtores locais.
Vitor Gonçalves explicou que “o evento contou com o envolvimento de toda a população, pois todos quiseram dar o seu contributo”. E acrescentou: “As expectativas foram superadas e no próximo ano cá estaremos para fazer uma Festa igual ou ainda melhor, vontade não falta, só precisamos de apoio”.
No concelho da Guarda, as morcelas de sangue, os farinheiros, as chouriças, o presunto e os buchos, são os enchidos que mais se produzem. Foi como espírito de manter estas tradições que a Freguesia da Castanheira promoveu o Festival do Enchido onde foi possível provar o melhor enchido da região. A iniciativa, que também contou com a actuação de vários grupos de música tradicional, juntou centenas de pessoas.

Notícias Relacionadas