Romaria Cultural em vários espaços públicos

Gouveia

A 9ª edição da Romaria Cultural, que vai decorrer em Gouveia, de 28 a 30 de Julho, terá diversas iniciativas e projectos artísticos, como concertos e dj sets, exposições de artes visuais, residências de criação, performances, oficinas e actividades de ligação à natureza.
Ao longo de três dias e com uma programação multidisciplinar distribuída por vários espaços públicos do centro de Gouveia, destacam-se os concertos de Scúru Fitchádu, Pás de Problème, os mexicanos A Love Electrice o resultado de uma residência de criação, com a apresentação do espectáculo inédito “Jazz Cabreiro”.
Com início a 28 de Julho, esta edição arrancará com a abertura da Feirinha GO Romaria e de oficinas e actividades participativas programadas em torno dela, bem como com a inauguração de 6 exposições de artes plásticas e visuais, de vários artistas e colectivos nacionais, distribuídas por galerias e espaços comerciais no eixo central da cidade. À noite, destacam-se as actuações em palcos informais de Lavra (Carolina Drave, Johnny Gil e Gonçalo Parreirão) e do artista afegão Fazel Sapand (parceria com a Alborz: ComunidadeIraniana-Portuguesa), seguindo-se dois concertos no Anfiteatro da Cerca: Madmess e Pás de Problème.
No dia 29, sobressai o Mirante do Paixotão como centralidade cultural diurna, ao receber acções de devolução de aves à natureza, a performance resultante da residência artística “Encontrei um quadro, pensei plantá-lo…e plantei”, da autoria de Sofia Castro, e ainda o concerto do projecto emergente Spicy Noodles. A noite de sábado regressará à Cerca com uma nova incursão do movimento “Mala de músicas e estórias”, que desta vez resultará no espectáculo “Jazz Cabreiro”, que desafiou dois músicos de Coimbra (João Mortágua e Gonçalo Parreirão) a colaborar com músicos gouveenses na criação de um produto artístico inspirado na Serra da Estrela, em particular na actividade da pastorícia. Sobe ao mesmo palco A Love Electric, e Scúru Fitchàdu.
Na manhã de domingo, dia 30, haverá uma caminhada de interpretação auditiva de aves, organizada em colaboração com o CERVAS, e um passeio conduzido pelo paisagista sonoro Luís Antero, que incorporará os sons recolhidos num Concerto para Olhos Vendados. À tarde, o concerto do artista iraniano Sina Shirazi servirá como aperitivo para a recriação da Romaria ao Calvário, actividade de união e partilha entre artistas, público e organização. O espetáculo de encerramento será um concerto de jazz de CBF Trio e resultará de uma extensão do Festival das Artes QuebraJazz (Coimbra).

Notícias Relacionadas