Exposição da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários

Fornos de Algodres

O CIHAFA – Centro de Interpretação Histórica e Arqueológica de Fornos de Algodres, iniciou um novo ciclo de exposições intituladas “Uma ideia é um feito de associação” dirigida às associações do concelho. Assim, entre 1 e 31 de Março, estará patente no CIHAFA uma exposição da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres, que poderá ser visitada todos os dias entre as 10.00 e as 13.00 horas e das 14.00 às 17.00 horas. Sobre os Bombeiros locais é referido que nos finais do século XIX começam a surgir no concelho de Fornos de Algodres os primeiros movimentos corporativos, antecessores das actuais associações. Em 1932, foi criada a primeira corporação dos Bombeiros Voluntários, cuja sede se situava nos baixos da antiga Casa da Câmara, na Praça Velha da Vila. O seu material de combate aos incêndios, adquirido por subscrição pública, constava de uma bomba, duas mangueiras, uma escada e 15 capacetes. Algum deste material, ainda hoje, faz parte do actual espólio da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres. A 29 de Dezembro do ano de 1948 é constituída a Associação dos Bombeiros Voluntários do Concelho de Fornos de Algodres, com sede no Grémio Recreativo Fornense, por iniciativa de uma comissão composta por Artur Ribas Madureira, António de Pina Albuquerque, José de Almeida Viçoso, José Gomes e como Comandante da Corporação João Vaz de Almeida Ribeiro. Em 26 de Abril de 1962 o presidente da Câmara Municipal de Fornos de Algodres, António Pinheiro Marques, conferiu a posse à comissão Administrativa dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres, nomeada por portaria do Ministro do Interior e composta por Estanislau Fernandes Pinto Bronze, Avelino Luís Tavares e Fernando Paulo Moreira. Nesse mesmo ano, em 17 de Maio, o presidente da direcção do Grémio Recreativo Fornense, colectividade fundada a 2 de Fevereiro de 1909, solicitou uma assembleia geral e em colaboração com a Comissão Administrativa dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres, propuseram a fusão das duas colectividades. Dessa fusão nasceu a actual Associação de Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres. Depois de atravessar alguns períodos de menor actividade, ganha nova dinâmica em 1964, sob a direcção de Fernando Paulo Menano, tendo como Comandante José da Costa Felício. Foi também neste ano que se alterou a sua denominação passando a denominar-se Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Fornos de Algodres.

Notícias Relacionadas