Exposição “As Plantas na Primeira Globalização”

> Região > Fornos de Algodres > Exposição “As Plantas na Primeira Globalização”
Jornal A Guarda

Fornos de Algodres

O Centro de Interpretação Histórica e Arqueológica de Fornos de Algodres apresenta a exposição “As Plantas na Primeira Globalização”, inserida no âmbito do programa de dinamização e rotatividade de exposições temporárias do Museu. Trata-se de uma exposição itinerante, propriedade do Museu Nacional de História Natural e da Ciência, da Universidade de Lisboa, que dá a conhecer os portugueses como difusores de plantas e alimentos pelo mundo, divulgando o papel que Portugal e os Descobrimentos portugueses tiveram na alteração da forma de vida na Europa, no enriquecimento da vida Europeia e, também, na interacção entre os diversos Continentes. Alimentos como a mandioca, o milho e a malagueta, que hoje são tão comuns nas várias gastronomias, são alguns exemplos de plantas introduzidas pelos portugueses nos vários Continentes levando à alteração de hábitos alimentares das populações. A exposição é apresentada em Fornos de Algodres depois de vários anos a viajar por Portugal, Moçambique, Cabo Verde, Itália e China. Baseada no livro “A Aventura das Plantas e os Descobrimentos Portugueses”, de José Mendes Ferrão, a mostra aborda a troca de plantas entre Continentes no período dos Descobrimentos, um dos capítulos menos estudados do ponto de vista agrícola, mas sem dúvida um dos que tiveram reflexos científicos, técnicos, económicos e sociais mais marcados e mais duradoiros.
A exposição pode ser visitada de segunda a sexta-feira, entre as 9.30 e as 13.00 horas e entre as 14.00 e as 17.00 horas.

Últimas notícias

24 de Maio, 2024
A imprensa regional é parceira e peça chave do desenvolvimento local
24 de Maio, 2024
Jornadas Diocesanas da Pastoral Social dedicadas à sustentabilidade das instituições
23 de Maio, 2024
Figueira de Castelo Rodrigo – Encontro de Professores Aposentados do Distrito da Guarda
23 de Maio, 2024
Seia – Jornadas de Museologia nas Misericórdias
23 de Maio, 2024
Manteigas – Luís Tavares e Emília Barbeira vencem Prémio Dr. João Isabel

Notícias Relacionadas