Recriação Histórica e Seminário Internacional de Arquitectura Militar

Almeida

A partir de hoje, 25 de Agosto, começam em Almeida as comemorações do Cerco de Almeida, que inclui a recriação histórica e o Seminário Internacional de Arquitectura Militar. O evento é promovido pela Câmara Municipal de Almeida e prolonga-se até ao próximo Domingo, 28 de Agosto.
O Seminário prossegue, este ano, o tema central dos encontros do CEAMA – Centro de Estudos de Arquitectura Militar de Almeida, com contributos para a compreensão dos Sistemas de Limites, realçando a compreensão do relacionamento com as fortificações que os definem.
Em debate estarão temas como: Sistemas defensivos entre Portugal e Espanha na América do Sul e o Brasil com Países Limítrofes: Fronteira Meridional e Sudoeste do Brasil; Das fronteiras do 6º milénio a.C. ao Tratado de Alcanices no Nordeste Alentejano; Valores sistémicos y tecnológicos de la fortificacion de Almeida en la Raya Central; Projecto Educação Patrimonial; Las Defensas del Nordeste y la Articulación Territorial de la Frontera: el Sistema Fortificado de la Raya Hispano-Lusa en Trás-os-Montes e Alto Douro; Autenticidad e integridad en las fortificaciones abaluartadas extremeño-alentejanas cara a una candidatura a Patrimonio Mundial; As muralhas da cidade de Jerusalém ao longo da História; Al sur de la frontera peninsular: la defensa del Arco Atlántico; Fronteira e Fortificação a Noroeste. A Praça-forte de Valença e o Sistema Defensivo do Rio Minho; O Desenvolvimento dos Baluartes no Estado Monástico dos Cavaleiros Hospitalários no Dodecaneso, Mar Egeu (séc.s XV e XVI) – alguns novos aspectos; A influência das fortificações de Vauban fora de França. Em torno do caso de estudo de Almeida; Nascimento, consolidação e defesa da Fronteira como valor identitário; Uma Terra de vigilância e controlo (Palestina); El Ingeniero General Juan Martín Zermeño y las fortificaciones de frontera: Pamplona y Puebla de Sanabria a mediados del sigo XVIII.
“As reflexões tenderão a complementar o conhecimento das fortificações e a metodologia de trabalho para a salvaguarda e reabilitação de um património histórico e cultural de insubstituível enquadramento para qualquer país”, refere a organização”.
O Seminário conta com a presença de Germany Michael Losse (Alemanha), Betina Adams e Élcio Secomandi (Brasil) Philippe Bragard (Bélgica), Fernando Cobos, Guillermo Duclos, Moisés Cayetano, Ramón García, Victor Echarri (Espanha), Giora Solar (Israel), Shadi Ghadban (Palestina), Adriano Vasco Rodrigues, João Campos, Jorge Oliveira, Luís Fontes, Rui Carita, Rui Loza (Portugal).
Durante o Seminário haverá uma visita técnica a Castelo Rodrigo, Convento de Aguiar e Escarigo, com sessão anti-stress nas Termas da Fonte Santa (Almeida).
A recriação do Cerco de Almeida integra um Mercado Oitocentista, Tabernas, Fazenda dos Animais, Casa do Copo e Casa do Traje.

Notícias Relacionadas