Dia Internacional dos Museus assinalado com exposição “Valha-nos Santo António”

Almeida

Em Almeida, o Dia Internacional dos Museus, está a ser assinalado com diversas iniciativas, entre as quais a exposição temporária “Valha-nos Santo António”, que ficará patente ao público, no Museu Militar de Almeida, de 19 de Maio a 26 de Julho.
O programa começou esta quarta-feira, 18 de Maio, com um percurso que passou pelo Museu Histórico-Militar de Almeida, Antigo Quartel das Esquadras, (colecção visitável Etnográfica), Museu Rural e Etnográfico (Peva), Colecções Etnográficas (Freixo), Casa Quartel General Duque de Wellington (Freineda), Esnoga e Museu Padre José Pinto Malhada Sorda), Memorial aos Refugiados e ao Cônsul Aristides Sousa Mendes (Vilar Formoso).
Também estava programado um Peddypaper teatralizado “Caminho da Liberdade e da Esperança”, com a comunidade Escolar, a partir do Memorial aos Refugiados e ao Cônsul Aristides Sousa Mendes, em Vilar Formoso.
Esta sexta-feira, 20 de Maio, terá lugar no Museu Histórico Militar, em Almeida, um Sarau Cultural sobre “Santo António, um Santo (muito) popular”, com intervenções de Mário Coelho (coleccionador), Pedro Teotónio (Director do Museu de Santo António de Lisboa) e Manuel Pereira de Matos (Vigário Geral da Diocese da Guarda). O programa também integra ‘Canções de santo António’, por César Prata.
No sábado, 21 de Maio, terá lugar em Vilar Formoso, entre as 10.30 e as 17.00 horas, uma Feira de Produtos endógenos e Kosher (Jardim das Memórias) e um momento musical pelo Conservatório de Música da Guarda (17.00 horas). Em Almeida, a partir das 21.00 horas, o Museu Histórico Militar acolhe o concerto “3 Loucos e um São que não veio”.

Notícias Relacionadas