Papa escolheu bispo das Forças Armadas e de Segurança para novo patriarca de Lisboa

Igreja | Lisboa

D. Rui Valério, até agora bispo das Forças Armadas e de Segurança, foi nomeado pelo Papa Francisco, no dia 10 de Agosto, como novo patriarca de Lisboa, sucedendo ao cardeal D. Manuel Clemente, que renunciou ao cargo após ter completado 75 anos de idade.
A tomada de posse da diocese vai acontecer a 2 de Setembro, pelas 11.00 horas, na Sé Patriarcal, diante do Cabido; a entrada solene tem lugar no dia seguinte, domingo, às 16.00 horas, no Mosteiro dos Jerónimos.
D. Rui Manuel Sousa Valério tem 58 anos de idade e é natural da Urgueira, no Concelho de Ourém, contando no seu percurso com vários anos de serviço junto das forças militares.
Membro da congregação dos Padres Monfortinos, fez a profissão perpétua em Outubro de 1990 e foi ordenado sacerdote a 23 de Março de 1991, em Fátima.
D. Rui Valério foi ordenado bispo a 25 de Novembro de 2018 no Mosteiro dos Jerónimos, em cerimónia presidida por D. Manuel Clemente.
Na Conferência Episcopal Portuguesa, tem funções de delegado para as relações bispos/vida consagrada e é membro da Comissão Episcopal Missão e Nova Evangelização.
D. Manuel Clemente, patriarca de Lisboa desde 2013, apresentou a sua renúncia ao Papa, que a aceitou após o cardeal português ter atingido o limite de idade (75 anos) determinado pelo Direito Canónico para o exercício do ministério.
A Diocese de Lisboa tem como auxiliares D. Joaquim Mendes, com 75 anos de idade, e D. Américo Aguiar, que o Papa Francisco vai criar cardeal a 30 de Setembro.

Notícias Relacionadas