Cardeal Pietro Parolin preside às celebrações da Peregrinação de Maio

Fátima

O Secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin vai presidir à Peregrinação de Maio, nos próximos dias 12 e 13, em Fátima.
O tema da peregrinação, como todo o ano pastoral do Santuário, está ligado ao tema proposto pelo Papa Francisco para a Jornada Mundial da Juventude de Lisboa (JMJ), que se realizará de 1 a 6 de agosto: “Maria levantou-se e partiu apressadamente”.
A uma semana para o início da peregrinação já estavam confirmados 73 grupos, que se inscreveram nos serviços do Santuário, dos quais 47 são estrangeiros (Alemanha- 6, Brasil- 4, França- 7; Estados Unidos-3; Itália-8; Polónia-3; Cabo Verde -2, Vietname, Venezuela, Suíça, Reino Unido, México, Espanha, Eslovénia, El salvador, Coreia do Sul, Congo, China, Canadá, Bélgica e Irlanda- 1 de cada um destes países); os outros 26 são portugueses.
O programa é idêntico ao das peregrinações anteriores começando no dia 12 com o Terço às 21.30 horas e prosseguindo com a Procissão das Velas e a celebração da Palavra, no Altar do Recinto. Antes de se iniciar o Terço, os símbolos da JMJ- a Cruz peregrina e o ícone de Nossa Senhora Salus Populi Romani- descerão até à Capelinha desde o topo norte do Recinto e permanecerão no Santuário até ao final da Missa Internacional, no dia 13 de Maio.
Durante a noite e madrugada do dia 13 de Maio estarão na Vigília jovem na Basílica de Nossa Senhora do Rosário e às 2.00 horas da manhã acompanharão a Via-sacra jovem no caminho dos Pastorinhos até ao Calvário Húngaro.
No dia 13 de Maio, o Terço, na Capelinha das Aparições, tem início marcado para as 9.00 horas. Uma hora mais tarde começa a Procissão, a que se seguirá a missa, a bênção dos doentes e a procissão do adeus, no Altar do Recinto de Oração.
Na Peregrinação Internacional Aniversária de Maio são esperados muitos grupos de peregrinos a pé como é habitual, sobretudo portugueses do norte do país, muitos dos quais da Diocese da Guarda.

Notícias Relacionadas