Volkswagen ID.7: anti-Tesla Model 3 com 700 km de autonomia

O Volkswagen ID.7, o anti-Tesla Model 3, terá 700 quilómetros de autonomia e um interior que faz lembrar os carros da casa norte americana.

Chega ao mercado do Velho Continente no outono deste ano e aos Estados Unidos em 2024.
Estamos perante uma berlina de cinco portas com uma aerodinâmica otimizada, que começa logo na dianteira. Depois temos os detalhes como os pilares pintados de preto brilhante e os frisos a imitar alumínio. A traseira é discreta com uma barra LED a unir os farolins que fica vermelha quando carregamos no travão, permanecendo o resto do tempo branca. O difusor está pintado de preto e há uns refletores que ajudam a “alargar” o carro.
Paralelamente, as dimensões do ID.7 deixam claro que este é um carro familiar. Com 4961 mm de comprimento, 1862 mm de largura e 1538 mm de altura com uma distância entre eixos de 2966 mm, é um veículo maior que um… Passat!
Com um exterior que não é futurista, o ID.7 joga com um habitáculo minimalista, mas de qualidade, bem equipado e tecnologicamente avançado. Não há painel de instrumentos, apenas um pequeno ecrã com a informação mínima legalmente exigida, nomeadamente, a velocidade do veículo.
Evidentemente que o ID.7 tem como base a plataforma MEB, mas oferece dois pacotes de baterias: o ID.7 Pro tem uma bateria de 77 kWh (82 kWh no total) e um carregador rápido de 170 kW DC. Bom para 615 km de autonomia verificada pela norma WLTP.
Já o ID.7 Pro S tem uma bateria de 91 kWh (86 kWh utilizáveis) que lhe permite uma autonomia de cerca de 700 km (WLTP). O carregador de 200 kW DC interno ajuda a diminuir o tempo de carga.
Haverá um novo motor elétrico (APP550) que debita 286 CV e 550 Nm de binário, sendo certo que outras versões se seguirão com mais potência e autonomias diferentes.

Notícias Relacionadas