Rafale é o novo topo de gama da Renault

Rafale é o nome do Renault Austral Coupé, mais um SUV na gama da francesa, que recupera um nome famoso na indústria aeronáutica gaulesa.

Rafale é o novo topo de gama da Renault e faz parte da mais recente ofensiva da casa francesa que atirou para o mercado o Austral, o Espace e, agora, este SUV coupé que vem ocupar o lugar do pouco feliz Talisman (carro e carrinha). Sendo o topo da gama do construtor gaulês, recebe o sistema híbrido E-Tech mais potente para lá de algumas diferenças em outras áreas, “escondendo” o óbvio: Austral, Espace e Rafale são “irmãos”. Mas não são gémeos…
Contas feitas, o Rafale tem a mesma distância entre eixos, mas é mais pequeno que o Espace: 4710 mm contra 4722 mm. Já as vias são mais largas 40 mm que no Espace. Por outro lado, o Rafale é o primeiro modelo da casa francesa que recebe a influência direta do novo responsável do estilo Renault, o ex-Peugeot, Gilles Vidal. Que desenhou o Rafale como um “fastback” em cunha com ombros musculados para que o carro pareça mais poderoso.
A motorização do Rafale ajuda a colocá-lo no topo da gama Renault. Para lá da mesma versão usada pelo Austral e Espace, com 200 CV e tração dianteira (com motor de 130 CV, motor elétrico de 50 kW e outro que está no motor de arranque/gerador com 25 kW), a Renault propõe uma variante com 300 CV que adiciona mais um motor elétrico no eixo traseiro e que, inevitavelmente, terá sistema de carga exterior e uma bateria maior. Ainda não se sabendo quando chega ao mercado. Igual ao Espace, porque o Rafale também utiliza um eixo traseiro independente, a direção conta com o sistema 4Control de direção às quatro rodas. O lançamento do Rafale será na Primavera de 2024.

Notícias Relacionadas