Celebramos na próxima sexta-feira, Solenidade do Coração de Jesus, o Dia Mundial de oração pela santificação dos sacerdotes.

Dia Mundial de Oração pela Santificação dos Sacerdotes

Preparando esse dia, desejamos, em primeiro lugar, ter para todos os sacerdotes uma palavra de agradecimento pela generosa entrega das suas vidas, no silêncio, na humildade, na mansidão e no escondimento.
Dando sequência à iniciativa do Papa S. João Paulo II, rezamos nesta Solenidade do Sagrado Coração de Jesus, para que a santidade de Cristo, único Sacerdote do Pai, fecunde a nossa doação a Deus e ao Seu Povo. Pedimos às nossas comunidades e a nós mesmos esta oração, porque temos consciência de que pela ordenação não pertencemos mais a nós próprios, mas sim a Deus que, em Jesus, nos envia ao Povo que prometemos servir.
Nesta jornada, pedimos particularmente por aqueles que se sentem mais abatidos por causa dos ambientes de descrédito ou de desconfiança, por aqueles que se sentem mais tristes ou mais abandonados, por aqueles que mais experimentam o cansaço ou a desilusão. É o Senhor Jesus quem nos convida: “Vinde a Mim, todos os que andais cansados e oprimidos, e Eu vos aliviarei. Aprendei de Mim, que sou manso e humilde de coração” (Mt 11,28-29).
“Vinde e aprendei” é imperativo que nos aproxima uns dos outros, mas sobretudo um convite a encurtar a distância com o Senhor Jesus, o Bom Pastor, onde encontramos sempre o conforto, a alegria, a esperança e o sossego.
Às comunidades lembramos o dever de cuidar dos seus pastores, a começar pela oração. E a nós pastores recomendamos o mesmo dever de cuidarmos bem uns dos outros; um cuidado que se traduza em oração, mas também com presença constante de uns junto dos outros, para nos apoiarmos sempre, particularmente nos momentos de cansaço e mesmo de algum desânimo. A oração das comunidades pelos seus pastores e destes uns pelos outros ajuda a fazer memória de cada um pessoalmente, com a sua história, com o seu percurso, com a sua entrega generosa.
Que ao longo destes dias e particularmente na Solenidade do Coração de Jesus, em cada comunidade, em cada família, no coração de cada cristão, estejam todos os nossos sacerdotes.
Se em Igreja o mal de uns a todos prejudica, também o bem e a santificação de uns a todos beneficia. Unamo-nos em oração.
Dai, Senhor, aos nossos Padres um coração de pastor.
11 de junho de 2023
+Manuel da Rocha Felício

Notícias Relacionadas