Acção de formação sobre gestão paroquial no Seminário da Guarda

Diocese da Guarda

A Diocese da Guarda vai promover uma acção de formação sobre “plataforma de gestão paroquial e administração/contabilidade dos centros Paroquiais”, no dia 30 de Maio, no Seminário da Guarda.
“Deseja a diocese da Guarda implantar nas paróquias e na Cúria Diocesana um novo sistema de gestão de informação informatizado que possibilite maior clareza e proximidade entre instituições diocesanas”, explica o Chanceler da Cúria em carta enviada a todos os padres da Diocese. No documento, o Padre Carlos Lages dá conta de que “estão disponíveis os acessos das paróquias à plataforma cloud da empresa SCPDPI – aparoquia”.
Lembra que na Diocese “vários colegas já utilizavam este sistema e nos últimos meses vários outros colegas foram aderindo. E acrescenta: “Quem ainda não o fez poderá encontrar na Cúria Diocesana toda a informação e todos os códigos de acesso necessários”.
A formação prática com vista a “potenciar e utilizar da melhor maneira esta ferramenta de gestão” é dirigida aos párocos e colaboradores paroquiais mais directos nas paróquias e centros paroquiais, decorre entre as 9.30 e as 17.00 horas do dia 30 de Maio.
“Da parte da manhã abordaremos a utilização da plataforma de gestão paroquial e sua interligação com a Cúria e, da parte da tarde, abordaremos questões práticas sobre contabilidade e administração dos Centros Paroquiais”, refere o Chanceler da Cúria. O programa começa às 9.30 horas com a sessão de abertura a que se seguem os temas: configuração e ambiente da plataforma; configuração de utilizadores; Configuração de tabelas auxiliares; Ficheiros paroquiais; Arquivo paroquial (baptizados, crismas, organização e registo de casamentos, registo de óbito).
A partir das 14.330 horas a acção de formação incidirá sobre: Gestão de tesouraria (emissão de recibos, controlo de movimentos); Contabilidade (configurações gerais, definição de centros de custo, registo de movimentos, mapas e balancetes). ; salários (configurações gerais, definição de centros de custo, registo de movimentos, mapas e balancetes); salários (configurações gerais, ficheiro de pessoal, processamento, mapas oficiais); Gestão de património; Gestão de Biblioteca; Agenda paroquial; utilitários.

Notícias Relacionadas