Apresentação das Comemorações do Centenário de Eduardo Lourenço

Guarda – Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço

“Estamos a recordar um homem tão simples, tão humilde e tão sábio, que nos deixou tantos ensinamentos”, disse o Presidente da Câmara da Guarda, na apresentação das Comemorações do centenário de Eduardo Lourenço, no dia 3 de Março, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, na Guarda. Sérgio Costa explicou que a programação está a ser feita “com esta grande rede de parceiros a nível nacional, a nível Ibérico e no Brasil também, para que possamos associar sempre Eduardo Loureço a São Pedro do Rio Seco, em Almeida, à Guarda, porque foi aqui que ele quis deixar grande parte do seu espólio”.
O autarca adiantou que “é tudo isto que devemos perpetuar, durante muitos e bons anos, a partir aqui da Guarda, a partir da nossa Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço, a partir do nosso centro de Estudos Ibéricos”.
As comemorações do Centenário de Eduardo Loureço pretendem aprofundar o conhecimento da sua obra, ampliar o universo de leitores, expandir o legado e territorializar um pensamento desterritorializado.
A iniciativa envolve uma rede de parceiros de que fazem parte, entre outras entidades e organismos, as autarquias de Almeida e Guarda e Coimbra, bem como o Centro de Estudos Ibéricos, o Instituto Politécnico da Guarda, as Universidades de Coimbra, Salamanca, Lisboa (Faculdade de Letras e Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa e Associação Portuguesa de Estudos Franceses), Lisboa (Faculdade de Letras), Bolonha, Aix-Marseille, Universidade da Bahia e Universidade Federal do Rio de Janeiro.
O Centro de Estudos Ibéricos, fundado na Guarda em 2000 e que nasceu de uma ideia lançada por Eduardo Lourenço, na sessão solene comemorativa do Oitavo Centenário do Foral da Guarda, em 1999, é quem coordena as comemorações do Centenário.
A ligação de Eduardo Lourenço à Guarda ficou ainda mais destacada com a oferta de cerca de 8500 livros da sua biblioteca particular à Biblioteca Municipal que leva o seu nome.
O programa das comemorações (provisório), a decorrer na Guarda, Almeida, Coimbra e Salamanca, vai até Maio de 2024 e integra colóquios, exposições, lançamento e mostra de livros, entre outras iniciativas. Destaque para o Congresso Leituras de Eduardo Lourenço, inauguração da Escultura “Eduardo Lourenço” e o Concerto “In Memoriam de Eduardo Lourenço pela Orquestra Filarmónica Portuguesa.

Notícias Relacionadas