Projectos da área da saúde distinguidos em concurso nacional de inovação e empreendedorismo

Instituto Politécnico da Guarda

Os projectos da área da saúde “Smartwound” e “4bettermedicine”, desenvolvidos por estudantes e docentes do IPG – Instituto Politécnico da Guarda, ficaram em terceiro lugar nos concursos nacionais Poliempreende e Desafios de Cocriação (Link Me Up), respectivamente. Os resultados das iniciativas que premeiam o melhor plano de negócio e criação de empresa na área do empreendedorismo e a melhor solução inovadora desenvolvida na área da inovação foram conhecidos durante a Semana do Empreendedorismo da Rede Politécnica, em Beja.
Joaquim Brigas, Presidente do IPG considera “esta dupla distinção é a prova da qualidade do ensino, da investigação e dos projectos desenvolvidos nas nossas escolas”. E acrescenta: “Vamos continuar a envolver os nossos estudantes neste tipo de iniciativas – que permitem o trabalho conjunto entre docentes, alunos e empresas – para dotá-los de competências cada vez mais valorizadas no mercado de trabalho: capacidade de inovação, espírito crítico, pro-actividade e competitividade”.
Em votação estiveram 13 iniciativas no concurso Link Me Up – Desafios de Cocriação e 20 no Poliempreende. Ana Nunes, Catarina Dias e Guilherme Alves foram os estudantes responsáveis pelo “Smartwound” em colaboração com as professoras Carla Castro e Sónia Miguel. Já Ricardo Sousa, Mariana Moreira, Naylsa Sousa e Diogo Luz desenvolveram o projeto “4bettermedicine” juntamente com a docente Fátima Roque e a Farmácia da Estação da Guarda. A equipa do projecto “Smartwound” foi premiada com 3000 euros e a do “4bettermedicine” com 1500 euros.
Recorde-se que no ano passado o IPG venceu o primeiro prémio do concurso nacional do Link Me Up – Desafios de Cocriação, com um projecto para inovar o sector agro-alimentar e prepará-lo para operar no Espaço, “Space Food Ideation”.

Notícias Relacionadas