Politécnico da Guarda participa no Dia Europeu do Desporto Integrado

Em Itália

O Instituto Politécnico da Guarda (IPG) vai participar, no “Dia Europeu de Desporto Integrado”, que será comemorado, a 23 de Maio, em 12 cidades italianas.
Este evento terá a participação de 12 países europeus, em dez modalidades de desporto integrado. O objetivo desta iniciativa, realizada no âmbito do Programa Erasmus+, é o lançamento das bases para o estabelecimento das regras dos Desportos Integrados.
Segundo a coordenadora do projeto, Carolina Vila-Chã, a participação do IPG pode considerar-se um passo importante para o reconhecimento nacional e internacional do curso de Desporto.
O Instituto Politécnico da Guarda foi convidado a integrar o projeto de disseminação e implementação do dia Europeu do Desporto Integrado, liderado pelo Centro Sportivo Educativo Nazionale de Itália e cofinanciado pela União Europeia.
“Este projeto visa o desenvolvimento de um novo conceito de integração social através da promoção do desporto, permitindo a experimentação e disseminação do desporto integrado. Trata-se do primeiro evento internacional dedicado ao desporto integrado, modelo de atividade nascente que, embora de natureza competitiva, assenta em valores essencialmente cooperativos”, adiantou-nos Carolina Vila Chã.
 “Com efeito, os seus principais objetivos centram-se no estreitamento das relações sociais e na coesão de grupos constituídos por pessoas com diferentes caraterísticas e capacidades, dos dois géneros, portadores e não portadores de deficiência”, acrescentou-nos esta docente da Escola Superior de Educação, Comunicação e Desporto do IPG.
Para Carolina Vila-Chã, coordenadora nacional do projeto, “a importância internacional desta iniciativa foi devidamente reconhecida pela União Europeia que, de cerca de 400 propostas apresentadas no âmbito do Desporto e Juventude apenas aprovou três, entre os quais o Dia Europeu do Desporto Integrado”.
Como nos afirmou, “o Instituto Politécnico da Guarda está desde a primeira hora neste projeto, tendo participado numa das reuniões preparatórias, realizada em Roma, de 20 a 23 de Março, aquando da maratona realizada na capital italiana, tendo sido representado pelo Prof. Doutor Pedro Esteves, docente do curso de Desporto”. Nessa altura, foram definidos e uniformizados regulamentos e procedimentos estratégicos de dinamização e difusão do Desporto Integrado a nível europeu.
De referir que a concretização e implementação dia Europeu do Desporto Integrado ocorrerá em Itália, de 21 a 24 maio; a iniciativa contará com 16 delegações – uma de cada instituição que integra o projeto – estando previstas várias atividades cerimoniais e desportivas, com impacto internacional.
No dia 22 de Maio, um pouco à semelhança da abertura dos jogos olímpicos, este evento iniciar-se-á com o desfile das delegações de todos os países, no Estádio Olímpico de Roma, perante as autoridades desportivas italianas.
O ponto alto do programa será a 23 de Maio, o Dia Europeu do Desporto Integrado, e compreenderá jogos e demonstrações em 10 modalidades desportivas, regidas pelas regras do desporto integrado, entre as quais pode referir-se a dança, a equitação, o futebol, o futsal, o judo, o karaté, o ténis de mesa e o tiro com arco. Nesse dia, as atividades decorrerão, simultaneamente, em 12 cidades, dispersas por todo o território da Itália, do norte ao sul e ilhas.
Por sorteio prévio, ficou determinado que a atuação da delegação do Instituto Politécnico da Guarda, única portuguesa, acontecerá em Pescara, cidade com cerca de 115 mil habitantes, situada na costa oriental, quase à latitude de Roma; Crotone, com cerca de 60 mil habitantes, ao sul, e Messina, com 215 mil habitantes, no note da Sicília. Para o efeito, a representação portuguesa será dividida em três equipas, que atuarão nas modalidades de dança, futebol e karaté.
A participação portuguesa, num total de 21 elementos, será constituída por docentes e alunos do curso de Desporto do IPG bem como por atletas portadores de deficiência e técnicos de quatro instituições do distrito da Guarda: a ADM Estrela, de Vale de Estrela, AFACIDASE, de Manteigas, a ASTA, de Almeida, e a CERCIG, da Guarda. Cada uma destas instituições, indicadas pela ATIVA (Associação Distrital de Desporto, Lazer e Cultura para Pessoas com Deficiência da Guarda), será representada por dois praticantes, acompanhados por um técnico.
“Esta integração permite vivências mais ricas e pretende-se que as instituições colaboradoras sejam um foco de mudança no seu país, criando eventos locais e divulgação e experimentação do desporto integrado”, afirmou Carolina Vila-Chã.
A referida atividade será o primeiro passo para a criação de uma estrutura internacional que acolha, regulamente, tutele e dinamize o Desporto Integrado.
O Presidente do Instituto Politécnico da Guarda, Constantino Rei, enalteceu “a importância desta iniciativa” e congratulou-se com “a participação de uma delegação do Instituto na fase de arranque do Desporto Integrado na Europa”, acreditando na “repercussão positiva que a mesma pode vir a ter, na Guarda e na região”.

Notícias Relacionadas