Perto de 9 milhões de euros para a reabilitação da Escola Secundária de Seia

Região Centro investe 124 milhões de euros na reabilitação de 23 escolas.

A reabilitação da Escola Secundária de Seia, no valor de 8 939 789,85 euros é uma das 23 escolas da Região Centro que vai ser reabilitada no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR).

As escolas abrangidas pertencem aos municípios de Alvaiázere, Anadia, Arganil, Carregal do Sal, Castro Daire, Coimbra, Figueira da Foz, Ílhavo, Lousã, Mealhada, Mira, Montemor-o-Velho, Oliveira do Bairro, Pombal, Porto de Mós, Sátão, Seia, Tábua, Vila de Rei e Vila Velha de Ródão.

No caso da Escola Secundária de Seia o apoio financeiro a atribuir, no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, conforme definido nos termos da Decisão de Aprovação da respetiva concessão, reveste a forma de incentivo não reembolsável no montante de 8.939.789,85 euros que corresponde à aplicação da taxa de 100% sobre o montante das despesas elegíveis, de acordo com o estabelecido no Aviso de Concurso.

O município de Sai explica que se trata da “concretização de mais um objetivo prioritário para o município, que conheceu um novo impulso desde a assunção de competências na área da educação, concretizada em 2020, momento a partir do qual foi possível a autarquia trabalhar na conceção e aprovação de um projeto há muito reivindicado pela comunidade educativa, em virtude da elevada degradação daquelas instalações, sem qualquer investimento estrutural nos últimos trinta anos”.

Com um prazo de execução previsto de 22 meses, a nova escola será adequada às necessidades actuais, dotada das melhores tecnologias e boas práticas, de forma a responder aos desafios de inovação pedagógica, de modernização e de conforto dos edifícios, para além de mitigar as alterações climáticas, melhorando fortemente o conforto térmico, a eficiência energética e de recursos hídricos.

A empreitada encontra-se, neste momento, em concurso público internacional.

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro adianta que o investimento na reabilitação de 23 escolas da região Centro ronda os 125 milhões de euros.

A aprovação destes projetos pela CCDRC destina-se a “dar continuidade aos progressos registados na última década relativamente ao abandono escolar precoce”.

 “Contribuir para um ensino mais atrativo e inclusivo e promover a construção e renovação de espaços físicos alinhados com os objetivos da transição verde e digital” são outros dos objetivos, explica a CCDRC em comunicado.

A cerimónia de assinatura dos 23 contratos teve lugar no dia 21 de Junho, no auditório da CCDRC, em Coimbra, com a presença do ministro-adjunto e da Coesão Territorial, Manuel Castro Almeida. Estes investimentos do PRR oscilam entre 1,6 milhões e quase 10 milhões de euros.

Notícias Relacionadas