Novo Suzuki Swift traduz essência da marca

O novo Swift chega aos concessionários ainda este mês,

sendo um modelo importante para a marca que entre 2005 e 2016 se posicionou a meio da tabela de vendas e que oferece pela primeira vez o sistema SHVS com o motor BOOSTERJET, e que permite a redução de consumos e emissões poluentes.
Além das alterações estéticas, recebe avançadas tecnologias de segurança e uma carroçaria mais leve, que melhora o comportamento. Algumas inovações adaptam-se ao gosto europeu, complementando o modelo com interior apelativo e funcional. As aberturas das portas traseiros no pilar dão-lhe um visual desportivo, e a iluminação em LED realça a sua elevada tecnologia. No exterior, é disponibilizado com sete cores de carroçaria, com quatro combinações bitone. Está disponível com duas motorizações a gasolina: o 1.2 Dualjet de 90cv, também disponível com caixa CVT, e o potente 1.0 Boosterjet Turbo de 111cv, melhorando o comportamento dinâmico do veículo e a redução do consumo de combustível.
A quarta geração do Swift oferece uma distância entre eixos 20mm maior, o que beneficia a sua habitabilidade interior, apesar do comprimento total ser 10mm mais curto. É também 15mm mais baixo e 40mm mais largo, o que acentua a sua forma baixa e mais robusta. A bagageira conquistou mais 55 litros de capacidade, oferecendo 265 litros que se podem ampliar até aos 579 litros com rebatimento dos bancos traseiros, e o seu peso diminuiu 120kg, pesando agora apenas 840kg. O raio de viragem é de 4,8m, mais um aspeto melhorado face à geração anterior. Novidades no modelo são o ecrã LCD de 4,2 polegadas, onde se visualizam as informações sobre os estados e rendimento do veículo, e o ecrã tátil de sete polegadas que permite a ligação de um smartphone ao sistema de áudio por Bluetooth. Está ainda disponível uma porta USB compatível com MP3/WMA/ACC e uma entrada para cartões SD, e toda a consola se apresenta agora mais orientada para o condutor.
Inédito também é o sistema de deteção da Suzuki que combina uma câmara monocular com um sensor de lazer, oferecendo funções de segurança como a travagem de emergência autónoma, o alerta de mudança de faixa e a assistência de luzes de máximos.
A gama Swift dispõe de dois níveis de equipamento: GLE e GLX. Na versão de acesso, GLE, realce para o computador de bordo, bancos dianteiros aquecidos, câmara de visão traseira ou o ecrã tátil. A versão GLX acrescenta, entre outros, faróis em LED, sistema de navegação, controlo de velocidade adaptativo com limitador, climatizador automático e arranque sem chave. Os preços começam nos 16.071€ da versão 1.2 5MT GLE e vão até aos 16.949€ e 19.298€, para o motor 1.0 consoante as versões 5MT GLX SHVS ou 5MT GLX SHVS. O Swift é também o único modelo do segmento a oferecer uma versão de tração integral com sistema AllGrip, está disponível por 17.720€ na versão 1.2 5MT GLE. Existem ainda duas campanhas que permitem poupar até 2000€ ou 3000€ no caso de optar por financiamento.

Notícias Relacionadas