Inspeções mais caras em 2024

Janeiro carrega consigo o fardo dos aumentos generalizados.

Um deles pousa diretamente no seu bolso quando for cumprir o ritual de fazer a Inspeção Periódica Obrigatória (IPO). Contas feitas, o aumento será de 1,70 euros (IVA incluído). O aumento, diz o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), explica-se com a taxa de inflação. Assim, o preço das inspeções passa de 34,19 euros para 35,89 euros. Isto para os ligeiros de passageiros.
No caso dos pesados, o aumento é superior. Contas feitas, são mais 2,56 euros. Ou seja, inspecionar um pesado custa 53,73 euros. Por outro lado, as reinspecções também aumentam. Passam de 8,57 euros para 8,99 euros.
Para quem precisar de fazer uma inspeção extraordinária, passa pagar 125,21 euros (era 119,37 euros). Uma segunda via da ficha ou certificado de inspeção passa a custar 3,37 euros. Custava 3,21 euros.

Notícias Relacionadas