Guarda Nacional Republicana apoia Caminho de Santiago

Operação ‘Bom Caminho 2024’ quer contribuir para a maior segurança e visibilidade dos peregrinos

A Guarda Nacional Republicana (GNR) iniciou esta segunda-feira, 20 de Maio, a operação “Bom Caminho 2024”, que vai decorrer até ao dia 31 de Outubro, e pretende contribuir para a maior segurança e visibilidade junto dos peregrinos que caminham para Santiago de Compostela.

A operação tem o objectivo de promover o patrulhamento de proximidade e de maior visibilidade, por forma a garantir a protecção e segurança dos peregrinos que transitem ao longo do “Caminho Português”, do “Caminho Português da Costa” e do “Caminho Português Interior” através dos Comandos Territoriais do Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real e Viseu.

Os “Caminhos de Santiago” ganharam uma nova “vida” nos anos 80 do século passado, com a realização da Jornada Mundial da Juventude, naquela cidade.

Em Agosto de 2023, Portugal acolheu a Jornada Mundial da Juventude, na cidade de Lisboa, tendo-se verificado “um grande fluxo de jovens de todo o mundo em Portugal e, em particular, nos caminhos de Santiago”, refere a nota da GNR.

Cientes desta importância e procura pelos “Caminhos de Santiago”, a GNR vai executar esta operação, implementando um conjunto de actividades cujo objectivo visa contribuir para uma “maior segurança e visibilidade junto dos peregrinos, por forma a prevenir o cometimento de ilícitos ou criminalidade associada”.

Nos períodos de maior afluência, a força de segurança vai realizar patrulhas conjuntas com a Guardia Civil espanhola.

A GNR aconselha o planeamento antecipado dos percursos; a informação da viagem junto de familiares e amigos; a posse de um documento de identificação pessoal; atenção aos pertences e objectos pessoais; ter especial atenção a abordagens por parte de estranhos; utilização de percursos sinalizados e iluminados; precaução nas estradas com circulação rodoviária; utilização de roupa clara, preferencialmente com colete reflector; caminhar durante o dia e com companhia; respeitar o meio ambiente e o património cultural existente nos percursos; uso de equipamentos de protecção individual e iluminação para ciclistas.

O troço do Caminho de Santiago, que atravessa o Concelho da Guarda, constitui um dos mais belos troços da Via Portugal Nascente, utilizado pelos peregrinos que se deslocam pelas Beiras a Santiago de Compostela. O “caminho”, na passagem pelo Concelho da Guarda, tem uma extensão de 41 Km e atravessa as freguesias de Gonçalo, Valhelhas, Famalicão, Fernão Joanes, Meios, Corujeira / Trinta, Maçainhas, Guarda, Faia e Aldeia Viçosa.

Notícias Relacionadas