GNR deteve 199 condutores sob efeito do álcool

Entre os dias 30 de Dezembro e 1 de Janeiro, em todo o país

 

A Guarda Nacional Republicana (GNR), para além da sua actividade operacional diária, levou a efeito um conjunto de operações, em todo o território nacional, entre os dias 30 de Dezembro e 1 de Janeiro, que visaram a prevenção e combate à criminalidade violenta, fiscalização rodoviária, entre outras.
Naquele período a GNR deteve 294 pessoas em flagrante delito, sendo 199 por condução sob o efeito do álcool, 24 por tráfico de estupefacientes, 21 por condução sem habilitação legal, sete por posse ilegal de armas, seis por furtos, três por violência doméstica e uma por homicídio. Os militares da GNR apreenderam 827 doses de haxixe, 11 doses de cocaína, duas armas de fogo, 124.800 cigarros e 369 euros em numerário.
Em relação ao trânsito, entre 30 de Dezembro e 1 de Janeiro, a GNR detectou um total de 3.464 infracções, sendo 1.169 por excesso de velocidade, 653 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, 161 por falta de inspecção periódica obrigatória, 92 por anomalias nos dispositivos de iluminação e de sinalização, 89 por falta ou incorrecta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças, 81 por falta de seguro de responsabilidade civil e 69 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução.

Notícias Relacionadas