Fonseca de Carvalho demitiu-se da liderança da Comissão Política Distrital do CDS/PP

Política
Fonseca de Carvalho demitiu-se da liderança da Comissão Política Distrital do CDS/PP

O presidente da Comissão Política Distrital do CDS-PP, da Guarda, António Fonseca de Carvalho, demitiu-se na sexta-feira, dia 23 de Maio, do partido e de todos os cargos inerentes, por “saturação” da política.
“Demiti-me por saturação e desilusão com a actividade política” justificou o dirigente demissionário, indicando que a decisão tinha sido comunicada naquele mesmo dia aos órgãos nacionais do partido.
Para além de ser dirigente distrital do CDS-PP da Guarda, Fonseca de Carvalho também integrava os órgãos nacionais do partido, fazendo parte da Comissão Nacional de Organização.
O demissionário era militante do CDS-PP desde a década de 1980, tendo sido duas vezes candidato à presidência da Câmara Municipal da Guarda e desempenhado as funções de vereador eleito por aquele partido no mandato de 1985/1989.
Nas eleições autárquicas de 2013 foi eleito deputado para a Assembleia Municipal da Guarda, pela coligação PSD/CDS-PP, mas adiantou que também vai pedir a demissão do cargo.
António Fonseca de Carvalho estava a cumprir o segundo mandato como líder distrital do CDS-PP da Guarda.

 

Notícias Relacionadas