Feira Farta apontada como “maior certame do mundo rural da região”

Iniciativa decorre a 9 e 10 de Setembro no Largo do Mercado Municipal da Guarda

A edição deste ano da Feira Farta, “maior certame do mundo rural da região” vai decorrer na Guarda, no largo do Mercado Municipal, nos dias 9 e 10 de Setembro. A iniciativa que vai na sétima edição, e é promovida pela Câmara Municipal da Guarda, foi apresentada esta segunda-feira, 21 de Agosto, no Jardim José de Lemos.
Ao longo dos dois dias do certame são esperados mais de 400 produtores, das 43 freguesias do concelho da Guarda, que vão expor os produtos endógenos. O evento também integra os bairros da cidade (Pinheiro, S. Vicente, Luz, Alfarazes, Lameirinhas, S. Domingos e Póvoa do Mileu) e a Associação Acriguarda que apresentarão ementas com petiscos e pratos típicos da região, com destaque para a carne da raça autóctone, a vitela jarmelista.
O certame conta ainda com o Espaço Criança dinamizado pelo Centro Comercial La Vie, que uma vez mais se associa à Feira Farta, apoiando este espaço infantil que promoverá acções lúdico/pedagógicas com o público mais jovem da feira.
A Feira Farta 2023 conta com a presença das associações culturais e grupos do concelho, que vão garantir música e muita animação nos dois dias da feira.
No sábado, dia 9 de Setembro, às 22.00, sobem ao palco os DAMA e no Domingo, às 16.00 horas, o guardense Filipe Nunes que assinala os 25 anos de carreira no palco da Feira Farta. Para as 18.00 horas, está marcado o concerto final com o artista TOY.
A Feira Farta vai decorrer numa estrutura a instalar no largo do Mercado Municipal que acolherá todas as 43 freguesias do Concelho da Guarda, os seus produtos, produtores, artesanato e tradições.
Sérgio Costa, presidente da Câmara Municipal da Guarda disse que “esta é uma iniciativa que mostra a autenticidade e a diversidade que existe no concelho e por isso é também uma montra privilegiada dos nossos produtos”.
Da cestaria à tapeçaria e aos produtos hortícolas, da fruta da época ao mel e ao azeite, dos doces típicos como os biscoitos ou a bola parda, aos licores, são muitos os produtos à venda no certame.
A edição deste ano destaca o vinho da região, que para além dos produtores de vinho do concelho, contará com a participação especial da Comissão Vitivinícola Regional da Beira Interior, sediada na Guarda.
A Feira Farta, que para este ano conta com um orçamento de 180 mil euros, funcionará no sábado entre as 10.00 e as 24.00 horas e no domingo entre as 11.00 e as 24.00 horas.
Recorde-se que a realização da Feira Farta tem como principal objectivo divulgar, fomentar e valorizar os recursos e produtos da região da Guarda.

Notícias Relacionadas