Encontro de Advento a preparar o Jubileu Extraordinário da Misericórdia

Vamos iniciar o tempo do Advento e com ele também o Jubileu Extraordinário Sobre a Misericórdia,

convocado pelo Papa Francisco através da Bula “Misericordiae vultus”.
O Santo Padre vai iniciá-lo em Roma, com abertura da Porta Santa na Basílica de S. Pedro e S. Paulo, no dia 8 de dezembro. Estabelece, na referida Bula de convocação, que, na catedral de cada uma das dioceses, a mesma abertura se faça no domingo imediato, que é o III Domingo do Avento. Também nós faremos a abertura da Porta Santa Jubilar na nossa Catedral, nesse dia 13 de dezembro, III Domingo do Advento, com uma celebração que se iniciará na Igreja da Misericórdia, às 15.30 horas, continuará em procissão até à Catedral onde começaremos por cumprir o ritual da abertura da Porta Santa, seguindo-se a celebração da Eucaristia. É uma celebração para a qual convidamos toda a nossa Diocese a fazer-se representar condignamente.
Aos sacerdotes e diáconos queremos oferecer um dia de reflexão e preparação imediata deste Jubileu Extraordinário da Misericórdia, em 1 de Dezembro, terça-feira e terceiro dia do Advento. Para nos ajudar, vamos ter a presença de uma figura de referência na reflexão teológica sobretudo na área da Teologia Sacramental, que é o Professor Dionísio Borobio da Universidade Pontifícia de Salamanca.
Também, como já é tradicional, acontecer no nosso encontro de Advento, desejamos sufragar os padres e bispos que nos precederam no serviço à Diocese da Guarda.
O assunto sobre o qual versará este dia de reflexão vai ser o seguinte: “O que nos pede o ano jubilar no serviço da reconciliação: atitudes novas e propostas”.
A distribuição do tempo será feita assim: 10.00 horas – Oração da Hora Intermédia; 10.30 horas – 1ª conferência: A Misericórdia – fundamentos, atitudes, gestos, sinais; 11.45 horas – intervalo; 12.15 horas – 2ª conferencia: O ministério da reconciliação sacramental e da misericórdia; 13.00 horas – almoço; 14.30 horas – Tempo de diálogo com o conferencista sobre aspectos do jubileu que interpelam a nossa criatividade pastoral relativamente à prática do ministério da reconciliação; 16.00 horas – Celebração Eucarística de sufrágio de padres e bispos que nos precederam no serviço à Diocese da Guarda.
Tanto as conferências e o diálogo com o conferencista como a celebração eucarística de sufrágio por padres e bispos que serviram a Diocese terão lugar nas instalações do Seminário da Guarda.
A primeira conferência faz o enquadramento sobre a misericórdia; a segunda entra no concreto do sacramento da Penitência.

+Manuel R. Felício, Bispo da Guarda

Notícias Relacionadas