Carnaval esgota unidades hoteleiras da região da Guarda

Programa quer atrair cada vez mais pessoas à cidade e à região

Atrair cada vez mais pessoas à cidade e à região foi a grande aposta da iniciativa GuardaFolia promovida pela Câmara da Guarda, ao longo do fim-de-semana de Carnaval, de 17 a 21 de Fevereiro.
“Apostámos num programa de maneira a atrair cada vez mais pessoas à nossa cidade e à nossa região e a prova de que estamos no caminho certo foi a grande procura das unidades hoteleiras do nosso concelho que estiveram todas cheias”, explicou o Presidente da Câmara da Guarda. Sérgio Costa referiu que o grande objectivo de atrair gente com o programa GuardaFolia foi conseguido”.
Apontou a Guarda como destino gastronómico de referência a nível nacional, não só, mas também, no Carnaval, galardão que agradece, em primeiro lugar, “a toda a restauração, a toda a tradição gastronómica que temos na nossa cidade, no concelho e na região”.
Recorde-se que a Guarda foi considerada “Destino Gastronómico do Ano”, nos galardões atribuídos pela Revista de Vinhos, prémios realizados desde 1996, que distinguem “Os Melhores do Ano”. O galardão foi entregue ao presidente da Câmara da Guarda no dia 3 de Fevereiro, na Sala do Arquivo do Centro de Congressos da Alfândega do Porto.
Sérgio Costa explicou que “o galardão nacional enche-nos de coragem, de mais vontade ainda para continuarmos a trilhar o caminho que estamos a percorrer, para que a Guarda seja cada vez mais conhecida e possa atrair as pessoas para além dos Passadiços do Mondego que é já uma marca ibérica, já não é só do país, é Ibérica, mas também associando à boa gastronomia e aos bons vinhos que temos na nossa região”.
O programa GuardaFolia contemplou, no dia 17 de Fevereiro, o desfile com as escolas e Jardins-de-Infância do ensino público e privado do concelho, entre a Praça Velha e a Praça do Município. O desfile contou com cerca de 1500 crianças que encheram as ruas de animação e cor.
Sérgio Costa referiu que o desfile das crianças resultou de um processo que teve início “há alguns meses atrás com os colaboradores, com os funcionários do município, sempre em conjugação com os agrupamentos de escolas, com os colaboradores das escolas, com os professores, com os assistentes operacionais, os animadores, os educadores”. E acrescentou. “Só um trabalho em conjunto, de braço dado é que é possível chegarmos a estas boas concretizações, porque a Guarda falará sempre mais alto também no cortejo infantil do nosso Carnaval”.
Sérgio Costa lembrou que o Carnaval é feito “da folia e da sátira”, adiantando que “é importante aproveitar estes dias para nos podermos divertir um pouco”.
O Desfile e Julgamento do Galo, integrado no programa GuardaFolia 2023, no Domingo, 19 de Fevereiro, atraiu milhares de pessoas às ruas da Guarda, entre a Alameda de Santo André e a Praça Velha. Com base nas tradições populares da região esta iniciativa envolveu 32 Juntas de Freguesia do concelho e vários grupos de animação.
O Galo voltou a ser julgado e queimado, num espectáculo que conta com a direcção artística e encenação de Graeme Pulleyn e com o texto original de Pedro Leitão.

Notícias Relacionadas